Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amor às Kuartas

Aqui fala-se de amor às quartas-feiras

Aqui fala-se de amor às quartas-feiras

Amor às Kuartas

24
Mai17

Um romance na "P"logosfera

Kalila

BLOGS PIXABAY.jpg

 

Hoje falo na primeira pessoa. Sim, aconteceu comigo! Estão curiosos?

Pois bem, espero não desiludir ninguém! 

Acho que já deixei escapar por aí que estive antes noutra plataforma. Não era melhor nem pior, tinha outros requisitos técnicos, mais opções de escolha de apresentação, era menos intuitiva em termos de manuseamento, e portanto ligeiramente mais complicada, e não havia tanto este hábito delicioso de derreter toda a gente com miminhos, atenções e apreços de toda a ordem. Alguma discussão, sim, em alguns blogs de opinião, mas nada de muito interessante, digamos. O meu blog era mais ou menos diário, tratava de tudo um pouco, eram impressões minhas acerca de quotidianos e situações do momento, em jeito de crónica, não sei se conseguida. Tinha subscritores fixos de visitas assíduas e vários visitantes blogosféricos alternados, com nomes estranhos como Pirolito, Pazdalma, Pasmaceiro, Pancrácio, Pencudo, Penisiano e mais alguns com menos piada mas todos começados pela mesma letra e que não tinham blog com aquela identificação. Raro era o dia em que não me aparecia um deles, por vezes eram dois e iam alternando ao longo da semana, nunca se repetiam em dias consecutivos. Tinham uma característica engraçada, todos eles, a transformação do verbo "estar" no verbo "tar", como se escrevessem sms e não comentários em blogs. 

Um belo dia, ganhei uma nova subscritora, identificada como Paula P, que tratava de moda, culinária, recomendações de produtos e essas coisas corriqueiras, que dizia gostar muito do meu blog, deixava uns comentários gentis, algumas opiniões e começou a ser mais ou menos perseguida por cada um dos Ps, que iam deixando contrapontos sobre os comentários que ela gentilmente deixava no meu blog. Aquilo foi ficando cada vez mais desagradável até que a Paula P desapareceu da Blogosfera.

Curiosamente, alguns dos Ps foram desaparecendo do meu blog, permaneceram alguns, os dos nomes mais engraçados, mas a pouco e pouco e um a um lá tomaram todos um tal chá de sumiço que até os meus outros visitantes estranharam o facto.

O tempo passou, fartei-me do blog das crónicas e criei este, algum tempo depois. Não me perguntem porquê, porque acho que também não sei, um destes dias voltei à mesma plataforma e dei com um texto num blog de contos que contava um romance virtual deveras interessante: estavam lá todos os nomes dos Ps, como fazendo parte de uma seita demoníaca internautica de perseguidores, a protagonista era uma menina de nome a começar por P, acontecia uma enorme confusão até ela chegar à "brilhante" conclusão de que todos os Ps eram uma só pessoa e ambos se perdiam de tanto amor um pelo outro que aquilo era uma paixão como só se vê nos filmes. A história acabava com agradecimentos à minha pessoa, devidamente identificada com o nome que eu tinha no blog antigo, por ter sido no meu blog que se tinham "conhecido", e eu não sei se me ria, se fique feliz, se feche a boca porque já me dói o queixo ou se me belisque para ver se não estou a sonhar!

Bom, optei por contar isto aqui, a ver se atino com a lógica desaparecida numa lista de nomes estranhos a começar por P. Poderia até deixar algum comentário naquele post do blog de contos, mas entre tanta coisa estranha que pode até ser ficção, restam-me ainda laivos de algum discernimento que me aconselham a "apagar a luz e fechar a porta" não vá a "disparatice" vir por aí atrás de mim. 

(imagens Pixabay)

 

paintbrush-311582_960_720 PINCEL PIXABAY.png

                                                            

PEDRO PAULO PEREIRA PINTO

PEQUENO PINTOR PORTUGUÊS

PINTA PORTAS, PAREDES, PAINEIS

POR PEQUENO PREÇO

 

_________________________________

 

PPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPP

 

 

 

 

 


 

  

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D